Webmail

Convênios

Acesse aqui os convênios conquistados pela APCD de Franca para seus associados.

Aniversariantes

A APCD parabeniza a todos os associados que estão aniversariando e deseja felicidades e muitas alegrias nesta data. Acesse Aqui


Curriculos


Home Artigos Expectativas Maternas
Expectativas Maternas PDF Imprimir E-mail
Ter, 13 de Maio de 2014 23:36

O tema gravidez, relação mãe e filho, é um momento único na vida da mulher, repleto de sentimentos de angústia, medo e felicidade. O nascimento de um filho traz grandes mudanças na vida da mesma e na rotina familiar como um todo, exigindo muitas adaptações.
Nós, mulheres, atualmente, além da função materna, temos objetivos profissionais e pessoais. Queremos nossa independência econômica, nos preocupamos muito com o crescimento profissional, frente a este mercado tão competitivo, com a maternidade, precisamos dividir o nosso tempo com os cuidados com o bebê, a casa, o trabalho, a vida social e acabamos por nos sentir divididas.

Em um primeiro momento, temos expectativas de engravidar ou não normalmente, sem maiores problemas. Depois, temos o desejo de ter uma gravidez saudável e aumentam nossas dúvidas e questionamentos. É um momento de incertezas que nos traz a consciência de uma nova fase, de cuidar e de se responsabilizar por um filho.
Grávida, logo surgem outros sonhos e desejos, de saber o sexo do bebê, se a barriga vai realmente crescer, se será uma criança saudável e se vai correr tudo bem neste período. Assim que a barriga começa a crescer, provavelmente no segundo trimestre da gestação, começamos a ficar na expectativa do parto, se normal ou cesária, dúvidas em relação à amamentação, enxoval, quartinho e tantas outras coisas que passam pela nossa cabeça.
Com a barriga crescendo e o corpo mudando, penso: “será que tudo voltará ao normal depois do parto? E a vida profissional, conseguirei conciliar”? Acabamos bombardeadas por dúvidas e informações, medos inerentes a esta fase única, a esta constelação de mudanças internas, sentidas de acordo com a história de vida de cada uma.
E assim passam-se os dias, vamos sentindo este amor desabrochar cada vez mais, e percebemos que nós e a nossa vida nunca mais serão as mesmas, porque na verdade, além do nascimento de um filho, acabamos por dar à luz também a uma nova mulher, a construção de um novo ser humano, capaz de amar incessantemente. A ansiedade aumenta com o passar dos meses, perguntamo-nos como será esta criança, será que vai chorar muito, dormir a noite toda ou ter muitas cólicas?
Na verdade, os nove meses de gestação é o tempo de que precisamos para que ocorra uma preparação psicológica dos pais, na aceitação e reorganização de nossas vidas, com a presença de um bebê. Ao mesmo tempo, vamos deixando o individualismo, descentralizando- nos de nós mesmas e nos preparando para a dedicação ao filho.
É certo que, quando nasce um bebê, nasce também uma mãe, só que o que ninguém nos conta é que não nascemos prontas, pois um bebê recém-chegado ao mundo modifica todo o nosso universo e temos que aprender no dia a dia a lidar com isso, porque a maternidade é uma bênção, mas é preciso aceitá-la de coração aberto, desta forma, acabamos ajustando nossas experiências maternais. Depois que o bebê nasce, surgem mais dúvidas, se vai mamar bem, os primeiros banhos, se vai ter cólicas, se vai se desenvolver normalmente, quando vai andar, falar e tantas outras coisas. Será que enquanto mães daremos conta?
Acho bom termos desejos e planos, mas a maternidade acaba por ser uma particularidade de cada mulher-mãe, e muitas vezes, é um estado de devoção, de perseverança e de amor, uma relação que vai sendo construída ao longo dos dias. Assim, mãe e filho se adaptam e aprendem a se comunicar através do contato físico, dos sons promovidos, do modo de respirar, no calor da pele, do cheiro, vamos aprendendo a perceber e a sentir um ao outro. Não existe um modelo de mãe, entretanto o amor materno transforma tudo.
Ser mãe é um aprendizado diário, uma troca constante. O bebê aprende a mamar e nós a amamentar, aprende a pedir colo e nós a darmos o aconchego, e assim vamos nos moldando diariamente e transformando nosso comportamento emocional da melhor maneira possível.
Estas são só algumas das experiências vividas ao longo da nossa vida, principalmente em relação ao primeiro filho. O que achamos certo ou queremos, nem sempre é o que acontece na realidade.
A principal preparação para a maternidade vem de dentro de nós mesmas, e o caminho que percorremos até aqui é muito gratificante e a cada descoberta, eles como filhos e nós como mães, vamos caminhando juntos de mão dadas e corações unidos... Sempre. No final, tudo dá certo.
O que pude perceber até aqui é que cada gestação é única!

 

Joselaine C. Morais Leal
Graduada em Odontologia pela Fundação educacional
de Barretos
Especialista em Ortodontia
Pós graduada em Ortopedia Funcional e Mecânica,
Odontologia estética e Dentistica restauradora.
Av.Chico Júlio,2986,sala3. Tel: 3703-3293, email:
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Colaboradores


Fornecido por Joomla!. Designed by: Free Joomla 1.5 Theme, cc top level domain. Valid XHTML and CSS.

The dial is replica watches made of bright dark blue sapphires, with 144 brilliant cut diamonds set in the center of the replica watches uk dial, and 58 Wesselton diamonds set in 18k white gold bezel to replica watches sale brighten the starry blue night sky. Montblanc Bao Xi series of external frame Tourbillon thin watch with festive festival bloom dazzling light, bright and elegant, "Bao Xi female" Radiant look and replica watches online self-confidence and independence.