Webmail

Convênios

Acesse aqui os convênios conquistados pela APCD de Franca para seus associados.

Aniversariantes

A APCD parabeniza a todos os associados que estão aniversariando e deseja felicidades e muitas alegrias nesta data. Acesse Aqui


Curriculos


Home
A participação dos pacientes no tratamento odontológico PDF Imprimir E-mail
Escrito por APCD Franca   
Qua, 17 de Agosto de 2016 11:52

Aquela época em que os profissionais de saúde eram mais turrões e únicos protagonistas na escolha dos tratamentos de seus pacientes ficou para trás. Muitas vezes os pacientes nem sabiam exatamente o que esperar de seus tratamentos e apenas deveriam sentar, abrir a boca e seguir cegamente o que seus dentistas mandavam. Os tempos mudaram, o conhecimento está mais disseminado, a postura dos profissionais da saúde mudou e o próprio Código de Ética Odontológico e o Código de Defesa do consumidor garantem o direito dos pacientes de participarem ativamente das decisões em relação aos seus tratamentos.

Pensando nisso, responda mentalmente as seguintes perguntas: Você apresenta de uma maneira clara as opções de tratamento ao seu paciente? Você descreve no prontuário dos pacientes as opções discutidas e a opção escolhida pelo paciente? Deixa isso documentado e registrado na ficha clínica com sua assinatura e a do paciente?

Atualmente, o cirurgião-dentista que está focando na qualidade, excelência e segurança do paciente precisa trabalhar esse conceito com mais afinco. O esclarecimento sobre o diagnóstico e prognóstico, dar atendimento individualizado e dar ao paciente acesso ao prontuário. O paciente tem o direito de participar da elaboração do plano de tratamento, ou pelo menos entender o que está acontecendo na sua boca e ajudar a escolher um dos tratamentos propostos. Claro que isso se estende aos responsáveis no caso de tratamentos de menores de idade ou incapacitados.

Sabemos que perdas dentais, por exemplo, podem ser restabelecidas com tipos diferentes de próteses. É imperativo informar ao paciente que o caso pode ser resolvido com próteses móveis, fixas sobre dentes ou sobre implantes e o que implica a escolha de cada tipo de prótese no longo prazo. Mesmo quando há dúvidas sobre a extração ou não de um dente, quando o prognóstico é mau, o paciente deve ser informado que o dente pode ficar na boca se passar por retratamento de canal, aumento de coroa clínica e prótese ou ele pode ser extraído e substituído por um implante, citando outro exemplo que pode gerar diferentes abordagens completamente diferentes.

Alguns pacientes vão querer manter seus dentes a qualquer custo. Outros vão querer se ver livre daquele dente que incomoda há anos. Eles têm esse direito e muitas vezes querem fazer parte dessa escolha. Os recursos para este tipo de conversa estão a nossa disposição. Telas que são acopladas no equipo odontológico, câmera intra-oral, fotografia digital, tablets, busca na internet e livros de odontologia são algumas ferramentas essenciais para a gente explicar os diagnósticos aos pacientes e dar opções, inclusive com previsão de tempo de tratamento, honorários e formas de pagamento.

Mesmo em tratamentos estéticos, os pacientes já chegam ao consultório com uma proposição de tratamento pré-definida. Eles já estudaram antes na Internet e pesquisaram com amigos e familiares. Hoje em dia as tais lentes de contato dentais ou as facetas laminadas estão passando por uma moda entre celebridades e pacientes em busca de sorrisos muitas vezes irreais e artificiais. E se o sorriso do paciente pode ser resolvido com ortodontia e clareamento dental, tratamento que não envolveria desgastes irreversíveis nos dentes? Não estou dizendo que o paciente deve ser convencido sobre um ou outro procedimento, porém ele precisa ser informado e entender que a boca dele pode ser resolvida de várias maneiras e as vantagens e desvantagens de cada escolha realizada. É de extrema importância que esse relato seja feito por escrito no prontuário do paciente, seja ele digital ou físico, até para nossa proteção profissional.

A participação do paciente continua durante todo tratamento, desde a escolha dos materiais da sua prótese, cor dos dentes, caracterização e até na instrução de higiene oral. O cirurgião-dentista deve tornar o paciente um protagonista da sua saúde bucal, ensinando a maneira correta e individualizada que cada paciente vai limpar os dentes e orientando sobre os problemas bucais e de saúde geral que o descuido com a higiene oral pode causar.

Luiz Rodolfo

Cirurgião-dentista pela UNIP em 2001, Periodontista pela ABENO em 2007, Implantodontista pela FUNORTE em 2014. Possui experiência em clínica geral, periodontia, implantodontia, cirurgias de enxerto ósseo, gengival e estética gengival. Editor do Blog Dicas Odonto.

http://www.dicasodonto.com.br/

 

Colaboradores


Fornecido por Joomla!. Designed by: Free Joomla 1.5 Theme, cc top level domain. Valid XHTML and CSS.

The dial is replica watches made of bright dark blue sapphires, with 144 brilliant cut diamonds set in the center of the replica watches uk dial, and 58 Wesselton diamonds set in 18k white gold bezel to replica watches sale brighten the starry blue night sky. Montblanc Bao Xi series of external frame Tourbillon thin watch with festive festival bloom dazzling light, bright and elegant, "Bao Xi female" Radiant look and replica watches online self-confidence and independence.