Webmail

Convênios

Acesse aqui os convênios conquistados pela APCD de Franca para seus associados.

Aniversariantes

A APCD parabeniza a todos os associados que estão aniversariando e deseja felicidades e muitas alegrias nesta data. Acesse Aqui


Curriculos


Home Entrevistas Uma vida de reconhecimento da Odontologia Francana
Uma vida de reconhecimento da Odontologia Francana PDF Imprimir E-mail
Ter, 16 de Abril de 2013 18:46

Especialista em prótese dentária, em 1976 pelo Conselho Federal de Odontologia, Dahul Tavares Pelizaro, recebeu o título de Cidadão Francano em 1988 pelos serviços prestados a comunidade. Formado em 1962 pela USP de Ribeirão Preto, atuou no Serviço Dentário Escolar do Estado de São Paulo por nove anos. Foi diretor da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas de Franca e Região por 40 anos, dos quais oito como presidente.

Recebeu homenagem como patrono na XII Semana Odontológica de Franca. Além destes, outros prêmios lhe foram dados como: Comenda de Santa Apolõnia (Rio de Janeiro), Comenda Pierry Fauchard Academy (1990), Comenda Tiradentes (2008). Recebeu ainda os troféus: Dr. Emil Adib Razuk (2006), Dr. Placidino Guerrieri Brigagão (2008), 50 anos da Sociedade Paulista de Ortodontia (2009), Dr. Paulo Afonso Freitas (2010) e Dr. Reynaldo Barachini (2012), dentre outros reconhecimentos.
Papiro - O que o levou a escolher a Odontologia?
Dahul - Vocação. Acredito nisso em qualquer profissão, visto que na minha família não havia nenhum cirurgião dentista, eu fui o primeiro. Lembro-me que a primeira vez que fui ao dentista aos 18 anos, achei muito interessante. Meus pais foram os maiores incentivadores. Na Faculdade quando presenciei a primeira extração de dentes desmaiei. Mas superei os desafios e percebi que fiz a escolha correta.
Papiro - Como foi o início de sua carreira?
Dahul - Iniciei em Franca, na Rua Diogo Feijó, depois transferi meu consultório para a Rua Marechal Deodoro, Edifício Pedro II e atualmente estou na Rua General Osório por quase 40 anos.
Papiro - Quando começou a se envolver com a APCD e por quê?
Dahul - Ingressei no Centro Odontológico de Franca (atual APCD) em 1963, na gestão de 1966 fui eleito presidente da classe até 1974, quando inauguramos a atual sede da Associação. Ela foi construída por um grupo de colegas cirurgiões dentistas, 48 sócios na época mesclando a velha guarda com os jovens que estavam iniciando a profissão. O terreno da APCD de Franca e Região foi comprado do professor Mário Latorraca, pai do cirurgião dentista Márcio Latorraca, pois ele era um entusiasta da classe. O primeiro desenho esboçado fiz baseado na construção de outras entidades. Depois, engenheiros desenvolveram a planta baixa e em dois anos consagramos a obra sem nenhuma dívida. O objetivo era obtermos um local para encontros científicos e sociais da Odontologia Francana.
Papiro - Quais as suas atuações dentro da entidade?
Dahul - Tivemos quatro diretorias sem mudar o presidente, com o intuito da construção da sede onde fomos adquirindo o terreno e levantando a construção. Para a inauguração trouxemos as maiores autoridades da Odontologia Brasileira como os presidentes da APCD-Central, SPO, ABO, CFO, tudo registrado em fotos e filme Super 8, inclusive representante da Federação Dentária Internacional. A participação neste período dos associados era grande, os profissionais bem conscientes e dedicados na atuação da APCD de Franca.
Pariro - Quais os fatos mais marcantes?
Dahul - São muitos, entre eles a criação da Escola de Aperfeiçoamento Profissional, a criação da Delegacia Regional do CRO e o mais marcante foi a construção e inauguração da nova sede em abril de 1974. As Semanas Odontológicas era um ponto alto da classe. Iniciando em 1969 e realizando 32 edições. A primeira foi feita no Colégio Champagnat com mais de 60 adesões. O conceituado cirurgião dentista Dr. Jairo Correa, francano residente em São Paulo e líder da Odontologia Brasileira, teve grande participação neste período. Tivemos as maiores autoridades de ensino nestas Semanas. A partir da segunda edição os números de inscrições foram crescendo atingindo aproximadamente 800 adesões na III Semana Odontológica de Franca. Sempre realizadas no mês de abril devido a data comemorativa do Dia de Tiradentes. Em 1975 durante a gestão do Dr. Alfredo Carlos Pereira Ribeiro compramos ainda uma chácara situada no recanto Campo Belo resultado financeiro das Semanas Odontológicas.
Papiro - Com a evolução da APCD como analisa a sua importância hoje para a classe Odontológica?
Dahul - Tudo evoluiu, desde a entidade, odontologia, tecnologia e a área científica. A APCD tem um papel relevante na programação da informação e incentivo aos associados na promoção de cursos e conferências realizados pela Associação visando o conhecimento profissional.
Atualmente Dahul, além de trabalhar em seu consultório, é também professor do curso de graduação da Universidade de Franca, nas disciplinas Clínica Integrada, Oclusão e Odontologia Legal. Na pós-graduação da UNIFRAN é docente da disciplina de Ético e Código de Ética Odontológica.
Nos momentos de descanso se tornou escritor, publicando quatro livros:
“Pronunciamento e Vida na Odontologia” (2006)
“Pelos Caminhos do Serra Clube” (2007)
“A Oratória no Champagnat” (2008)
“50 Anos - Odontolandos de 1962 (2012), para comemorar o jubileu de Ouro na profissão

 

 

Colaboradores


Fornecido por Joomla!. Designed by: Free Joomla 1.5 Theme, cc top level domain. Valid XHTML and CSS.

The dial is replica watches made of bright dark blue sapphires, with 144 brilliant cut diamonds set in the center of the replica watches uk dial, and 58 Wesselton diamonds set in 18k white gold bezel to replica watches sale brighten the starry blue night sky. Montblanc Bao Xi series of external frame Tourbillon thin watch with festive festival bloom dazzling light, bright and elegant, "Bao Xi female" Radiant look and replica watches online self-confidence and independence.